Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Advogado suspeito de matar a namorada se entrega à polícia após 24 horas de negociações

Postado em 04/04/2019 por

Compartilhe agora.
Rádio Gaúcha

O advogado Paulo de Carvalho Souza, 42 anos, se entregou à polícia no início da noite desta quarta-feira (3), após ficar mais de 24 horas ameaçando se jogar do prédio em que morava em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina. Ele é suspeito de ter matado a namorada, a também advogada Lucimara Stasiak, 30.

Depois que a polícia passou a suspeitar do crime, Souza se trancou na sacada do imóvel e os agentes passaram a negociar a rendição. Desde as 18h de terça-feira (2), uma equipe especializada conversava com o advogado, que aparentava estar em um surto psicótico.

A polícia acredita que a morte de Lucimara tenha acontecido na quinta-feira (28). Vizinhos começaram a desconfiar que algo tinha acontecido depois que perceberam a entrada do advogado no prédio com vários sacos de gelo — em tese, para preservar o corpo. 

A vizinhança decidiu chamar a Polícia Militar (PM) devido a um cheiro forte que saía do apartamento do casal. 

 O delegado Ícaro Freitas, responsável pelas investigações da morte de Lucimara Stasiak, explica que trabalha com a hipótese de feminicídio.

— É crime de situação de gênero, hipossuficiência econômica ou física. Pelo que levantei até o momento, o caso configura sim violência doméstica. Nesse caso, ele deverá responder por feminicídio e ocultação de cadáver — explica.

Rádio Gaúcha

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.