public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Brigada Militar cria aplicativo para agilizar e auxiliar o trabalho policial

Diário da Manhã

O Departamento de Informática da Brigada Militar (BM) desenvolveu um aplicativo para auxiliar o trabalho dos policiais do Rio Grande do Sul.

É o ‘BM Mob’, que começou a ser utilizado nesta semana no 3ºRegimento de Polícia Montada (3ºRPMon) da BM de Passo Fundo.

O desenvolvimento do aplicativo começou no início deste ano e impactará o trabalho dos policiais em diversas frentes.

Uma delas é relativa ao tempo dispensado para registro de ocorrências. O foco é tornar mais célere esse processo.

Hoje, em média, os policiais demoram entre 40 e 50 minutos para registrar uma ocorrência. Esse tempo será reduzido com a nova tecnologia. “Em 10 ou 15 minutos poderá ser feito o registro”, estima o capitão Diogo Botelho Franco.

O BM Mob funciona como qualquer aplicativo utilizado em um smartphone, mas só pode ser baixado por policiais através da rede interna da Corporação. Ele pode ser utilizado no aparelho pessoal de cada PM ou em tablets que serão disponibilizados às guarnições que fazem o trabalho ostensivo.

Funções

Os policiais podem, com o aplicativo, colher depoimentos dos envolvidos por meio de gravação áudio e também por vídeo. Também é possível anexar imagens da ocorrência. “Ele vai condensar documentos. Nós fazíamos vários; agora, o aplicativo faz um único e replica para Polícia Civil, poder judiciário e também para Corporação”, explicou o capitão. O policial não precisa escrever a ocorrência manualmente; o BM Mob transcreve o áudio do relato do policial no aparelho.

No entanto, ocorrências nas quais ocorram prisões continuarão feitas no modelo atual, de levar o indivíduo e realizar o registro na delegacia presencialmente.

Vantagens

Com o BM Mob, os soldados podem ter informações sobre a situação de veículos, foragidos e armas de fogo em poucos segundos.

Atualmente, para ter esses dados, é necessário contatar a central via rádio.

Com o aplicativo, o acesso à informação será em tempo real. Além do ganho no trabalho ostensivo, a nova tecnologia gera também economia de insumos. “Vamos reduzir drasticamente o consumo de papel. Também tem o aspecto ecológico e sustentável”, explicou o capitão.

A documentação que é, hoje, feita manualmente é levada ao Regimento, onde servidores têm de torná-las digitais e também enviá-las aos outros envolvidos na ocorrência, como PC e justiça. Isso mudará. “Vamos suprimir atividades administrativas e os servidores poderão ser utilizados na parte ostensiva. O policial poderá ficar mais tempo em atividade de patrulhamento”, finalizou o capitão Diogo Botelho Franco.

O aplicativo terá atualizações periódicas para eventuais correções de falhas e também para a adaptação à atividade policial.

Diário da Manhã

Link da Notícia

  • message
    Postado por
    Rádio Ibiaçá FM
  • today
    Data
    19/06/2019
  • folder
    Categoria
    Locais/Regionais
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug