Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Rio Grande do Sul perde mais uma posição em ranking de qualidade de vida, mostra iRS

Postado em 14/08/2019 por

Compartilhe agora.
Rádio Gaúcha

Pela segunda vez consecutiva, os gaúchos amargaram perda de posição em ranking que mede a qualidade de vida nos Estados brasileiros. Em 2017, o Rio Grande do Sul foi ultrapassado por Minas Gerais e caiu do quinto para o sexto lugar na lista de 27 unidades da federação. A baixa reflete a piora em variáveis das áreas de educação e segurança.

As conclusões integram a sexta edição do Índice de Desenvolvimento Estadual – Rio Grande do Sul (iRS). Fruto de parceria entre Zero Hora e PUCRS, o estudo avalia o desempenho das unidades da federação e do país em três dimensões: padrão de vida, educação e, reunidas, segurança e longevidade.

Cada um dos grupos é composto por três variáveis. Os dados são os mais recentes à disposição em bases públicas – neste caso, de 2017. Pela primeira vez na série histórica, que contempla estatísticas desde 2007, o Rio Grande do Sul não figura entre os primeiros cinco colocados do índice. De acordo com o levantamento, o Estado perdeu posições em duas das três dimensões observadas.

Em educação, área em que está mais distante do topo, o Rio Grande do Sul caiu do 11º para o 14º lugar, com média inferior à nacional. Em segurança e longevidade, passou do quinto para o sétimo posto.

Em padrão de vida, o Rio Grande do Sul manteve-se no quinto lugar. Os gaúchos ocupam esse posto desde 2010. O iRS varia entre zero e um, assim como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Quanto maior o índice, melhor o desempenho.

Rádio Gaúcha

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.