Ouça agora na Rádio

N Notícia

Inter sofre gol no fim e perde para o Athletico-PR por 1 a 0

FOTO: Correio do Povo

Inter sofre gol no fim e perde para o Athletico-PR por 1 a 0

Vitinho marcou aos 43 minutos do segundo tempo

Parecia que os reservas do Inter iriam segurar o ímpeto dos titulares do Athletico-PR. As duas equipes criaram poucas chances ao longo de todo o jogo, e tudo se encaminhava para um empate em 0 a 0. No entanto, com gol marcado por Vitinho, aos 43 minutos do segundo tempo, saiu de campo derrotado pelo placar de 1 a 0, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada.

Com o resultado, o Inter permanece com 16 pontos, e caiu para a quinta colocação, por conta da vitória do Atlético-MG sobre a Chapecoense. Já o Athletico-PR foi a 13 pontos e subiu para a 12ª posição. 

Agora, o Inter vira a chave e volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30min, contra o Palmeiras, pelo jogo de volta das quartas de final Copa do Brasil. Já pelo Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso é o clássico Gre-Nal, no sábado, às 19h, também no Beira Rio.

Mesmo com os reservas, o Inter mostrou iniciativa no início do confronto, e logo aos 2 minutos marcou. No entanto, o árbitro nem precisou acionar o VAR para anular o gol. Tréllez, em clara posição irregular, driblou o goleiro e empurrou para as redes. No entanto, impedimento foi assinalado e placar seguiu zerado. 

O lance inicial deu a impressão de que o Inter criaria chances, mas as finalizações pararam por aí. Sobis até tentou, de fora da área, aos 13 minutos, mas bola parou no goleiro Santos, que fez fácil defesa. O Athletico-PR também pouco criou. A melhor chance veio aos 16, em tentativa pela direita, na qual Marcelo Cirino buscou encobrir o goleiro Lomba. A bola parou no travessão.

Ao longo da primeira etapa, o Athletico teve mais volume de jogo. Acabou com 59% a 41% na posse de bola, mas não foi efetivo. A equipe de Tiago Nunes não transformou a superioridade em finalizações claras, e o Inter não conseguiu aproveitar os contra-ataques.

Já na segunda etapa, a tônica do confronto foi a mesma. O Athletico ficou mais com a bola, mas de novo não conseguia criar grandes chances para marcar.

Após as trocas de parte a parte, o jogo começou a mudar de característica. A partir dos 20 do segundo tempo, as duas equipes passaram a explorar mais a velocidade e criar mais chances de gol.

Quem levou a melhor diante desse cenário foi o Athletico-PR. Aos 43 minutos do segundo tempo, Vitinho, que havia saído do banco, driblou Heitor e bateu no canto do goleiro Marcelo Lomba para fazer o gol que decretou a vitória dos paranaenses por 1 a 0. 

FONTE: Correio do Povo
Link Notícia