Ouça agora na Rádio

N Notícia

Caso Bernardo chega ao terceiro dia de julgamento

FOTO: Rádio Gaúcha

Caso Bernardo chega ao terceiro dia de julgamento

Chega ao terceiro dia o julgamento dos quatro acusados de assassinar o menino Bernardo Boldrini, em Três Passos. Nesta quarta-feira (13), a expectativa é de que sejam ouvidas as seis testemunhas restantes. De acordo com o Tribunal de Justiça, o julgamento deve durar cinco dias.

O pai, Leandro Boldrini, e a madrasta, Graciele Ugulini, foram presos pelo crime, assim como Edelvânia e Evandro Wirganovicz — eles respondem por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

No segundo dia de julgamento de apreciação do caso, seis mulheres prestaram depoimento no Fórum de Três Passos.  Juçara Petry, a quem Bernardo adotou afetivamente como mãe, foi a primeira a depor. 

Na sequência, falaram Ariane Schmitt, psicóloga do menino, Andressa Wagner, ex-secretária de Leandro, Lori Heller, ex-babá do garoto, Marlise Cecília Henz, técnica em enfermagem que trabalhou com o pai da criança, e Rosângela Andreia Pinheiro, que trabalhou no mesmo hospital que Boldrini.

FONTE: Rádio Gaúcha
Link Notícia