Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Cerco a criminosos que atacaram banco e mataram PM completa uma semana

Postado em 02/05/2019 por

Compartilhe agora.
Rádio Gaúcha

O cerco ao grupo que assaltou o Banco do Brasil, em Porto Xavier, no Noroeste do RS, e matou o policial militar Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, em confronto, completou uma semana nesta quarta-feira (1º). Cerca de 150 policiais permanecem mobilizados na região para localizar os criminosos que fugiram para um matagal. 

Desde a quarta-feira da semana passada, quatro suspeitos foram presos e um foi morto em confronto. Entre os detidos, está o policial militar aposentado Delci Engers, 59 anos, que seria o responsável por planejar o assalto. Também estão presos Flávio Rogério Oliveira, 53, de Gravataí, Ivo Zimmer, 57, e Aleixo Gustavo Zelinski, que se entregou após negociar sua rendição. 

As buscas são realizadas apenas durante o dia, inclusive com o apoio aéreo de um helicóptero. À noite, os policiais param de vasculhar o terreno, mas permanecem em cerco. Os brigadianos acreditam que haja de um a três assaltantes refugiados no local. 

— Enquanto existirem indícios que nos levem à convicção de que os criminosos ainda estejam na área, seguiremos com a operação — disse o Comandante do 4º Batalhão de Policiamento em Áreas de Fronteira, Major Valtair Dorneles. 

Ainda conforme a BM, a participação da comunidade está sendo essencial para o andamento dos trabalhos. Além de ajudar com informações sobre movimentações suspeitas, empresários e comerciantes estão doando mantimentos para os policiais que são de fora da cidade.

Rádio Gaúcha

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.