Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Grêmio é denunciado por injúria racial contra Yony González na Arena

Postado em 15/05/2019 por

Compartilhe agora.
Correio do Povo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta terça-feira que o Grêmio foi denunciado por conduta de injúria racialcometida contra Yony González na Arena na derrota para o Fluminense em 5 de maio. O clube gaúcho será julgado na sexta, às 14h, mas não corre o risco de perder mando de campo. A pena máxima ao Tricolor é uma multa de R$ 100 mil. Se identificada, a torcedora que cometeu o ato será proibida de ir aos jogos do time gaúcho.

O ato de injúria racial não foi citado na súmula, mas a procuradoria do STJD usou as imagens para fazer a denúncia. A procuradoria destacou que a infração é de “alta gravidade e que na prova de vídeo é possível ouvir o xingamento ‘macaco’ vindo da arquibancada onde estava localizada a torcida do Grêmio logo após o atacante Yony González marcar o quinto gol do time carioca”.

Em denúncia a procuradoria destacou que “esta injúria racial praticada não pode ser aceita em qualquer esfera, devendo ser repudiada e severamente apenada na Justiça Desportiva” e lembrou que o Grêmio passou pela mesma situação em 2014 quando a torcida também ofendeu o goleiro Aranha, que na época defendia o Santos.

Por fim, a Procuradoria afirma que “somente uma punição severa ao clube alcançará o caráter pedagógico da pena, no sentido de quem praticou o ato covarde e discriminatório saiba que o clube para o qual torcem será responsabilizado, transmitindo uma educação que não tiveram em casa ou na escola”.

Pelo fato, o Grêmio foi denunciado por infração ao artigo 243-G, parágrafo 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Correio do Povo

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.