Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Política

Compartilhe agora

Por 10 a 1, STF conclui que inquérito sobre fake news deve continuar

Postado em 18/06/2020 por

Feature image

*Fonte imagem : 7e991bc72cdec2467285ccb9bd677611*


Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por 10 votos a 1 dar continuidade ao inquérito das fake news, aberto no ano passado pela própria Corte para investigar a disseminação de informações falsas e ameaças a ministros.

Neste julgamento, a Corte analisou uma ação que contestava a legalidade da investigação, apresentada pela Rede Sustentabilidade.

O próprio partido, no entanto, reconheceu o aumento da disseminação das informações falsas e pediu a extinção da ação. O relator do processo, ministro Edson Fachin, rejeitou o pedido e decidiu que o caso deveria passar por análise do plenário do Supremo.

A sessão desta quinta-feira (18) foi retomada com os votos dos ministros Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Dias Toffoli. O julgamento havia sido interrompido nesta quarta, com um placar de oito votos a favor da validade do inquérito a zero.

Na tarde desta quinta, o ministro Marco Aurélio abriu divergência dos demais colegas – o voto dele foi favorável ao fim das investigação sob o argumento de que o inquérito é “natimorto”, já que foi instaurado pelo próprio STF por iniciativa própria, sem ser provocado pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Marco Aurélio também se colocou contra a iniciativa do presidente do STF, Dias Toffoli, de escolher o ministro Alexandre de Moraes para cuidar do caso, sem haver um sorteio para a definição do relator, como costuma acontecer.

Jovem Pan

Link da Notícia

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários