Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Gerente de mercado que se envolveu em morte de cliente tem alta hospitalar em Vacaria

Postado em 23/06/2020 por

img-page-categoria

*Fonte imagem : Gerente de mercado que se envolveu em morte de cliente tem alta hospitalar em Vacaria*


Divulgação

Jonas Macedo, 32 anos, teve alta do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, em Vacaria, na tarde desta segunda-feira (22). Ele é gerente de um supermercado no bairro Petrópolis. Neste lugar, no último sábado, Jonas se envolveu em uma discussão que resultou na morte de um cliente. O homem, Aldori Somavilla Cardoso, 36, conforme apurou a investigação da Polícia Civil, se recusou a usar máscara dentro do estabelecimento, o que levou ao desentendimento.

De acordo com o delegado Anderson Silveira de Lima, Cardoso entrou no supermercado, fez a compras e, quando chegou ao caixa, Macedo teria chamado a atenção dele por estar sem o equipamento de proteção individual, que é de uso obrigatório em função da pandemia. 

Testemunhas informaram à polícia que não teria havido agressão por parte de Macedo. O cliente teria tirado uma faca que carregava na cintura e desferido dois golpes no gerente. Ambos acertaram Macedo na altura do peito, um deles foi uma perfuração com a ponta da lâmina. Na sequência, o gerente sacou um revólver calibre 38 e fez dois disparos na direção do agressor – ambos atingiram o peito de Cardoso. Ele morreu no local.

Ainda conforme o delegado, o mercado é de porte médio e estava com grande número de pessoas no momento do fato, por volta das 19h30min. Ninguém mais ficou ferido. 

Procurados pela reportagem, os familiares preferiram não falar sobre o que aconteceu. A saída de Macedo do hospital foi confirmada pelo advogado da família, Otto Júnior Barreto. Segundo ele, Jonas está se recuperando, e está bem. 

A análise de uma das câmeras de monitoramento do supermercado corroborou a versão das testemunhas ouvidas até o momento, conforme o delegado, mas não trouxe elementos novos à investigação. 

As imagens mostram que os dois homens entram no enquadramento, Cardoso dá um chute em direção a Macedo, depois segue a sequência de golpes e a reação do gerente, segundo o delegado. Ele aguarda ter acesso ao conteúdo de uma segunda câmera localizada em outra posição que, segundo o delegado, deve mostrar o que antecedeu a briga e que ocorreu depois. Macedo tem autorização para portar a arma, que foi apreendida.

– Não muda o fato, homicídio consumado por legítima defesa – declarou o delegado.

Rádio Gaúcha

Link da Notícia

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários