Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Distrito LEO L D7 destina R$ 24 mil em doações para entidades da região

Postado em 15/07/2020 por

img-page-categoria

*Fonte imagem : Distrito LEO L D7 destina R$ 24 mil em doações para entidades da região*


Rádio Tapejara

Após receber parecer favorável da Comissão de Finanças do Distrito LEO L D-7, os representantes dos Clubes de LEO aprovaram durante a IV Reunião do Conselho Distrital (RCD), a destinação do valor de R$ 24 mil para doações a entidades beneficentes da região Norte do RS. Os valores são oriundos das economias e da gestão da Tesouraria Distrital no AL 2019/2020.

De acordo com o presidente do Distrito LEO L D-7, C.LEO Giovani Meira de Andrade, o superávit orçamentário se deve a muitos fatores, desde o contexto da pandemia até o trabalho cuidadoso da tesouraria.

“Visto o AL atípico que vivemos neste ano, muitas viagens e deslocamentos não foram feitos, bem como muitos gastos foram reduzidos, isso somado ao controle dos nossos tesoureiros C.LEO Camila Von Hoonholtz e C.LEO João Pedro Maia. Ainda, contamos muito com a ajuda da Diretora Especial de Finanças C.LEO Michele Schenatto e do vice-presidente geral, C.LEO Jean Vigolo. Assim sendo, tivemos uma sobra no caixa do Distrito além do previsto em nosso orçamento apresentado no início do AL”, explica.

A proposição referente a doação dos valores foi entre a gestão 2019/2020 e os próximos dirigentes, empossados no sábado, 11 de julho, para o AL 2020/2021.

Os encaminhamentos dos valores ocorrerá da seguinte forma: do valor total de R$ 24 mil, R$4.000,00 serão destinados ao Hospital de Olhos Dyógines A. Martins Pinto Lions, grande obra do nosso Distrito L D-7 de Lions. O restante será destinado em parcelas de R$5.000,00 para cada região.

Os Clubes de LEO de cada região deverão entrar em um consenso através de seus presidente (VP’s), sobre onde será destinado esse dinheiro na região. O valor poderá ser revertido integralmente para uma única instituição ou poderá ser dividido de forma independente em cada região.

O presidente Meira frisa que critérios importantes serão levados em consideração para a escolha da instituição que receberá a doação.

“Deverá ser uma instituição séria que presta um serviço essencial, como hospital, ONG, enfim, e que possua CNPJ e conta associada para que a doação possa ser feita em crédito direto em conta nominal e ser comprovada de forma simples na nossa contabilidade”, finaliza.

Rádio Tapejara

Link da Notícia

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários