public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Em setembro, 163 pessoas caíram em golpes a cada dia no RS

A cada dia de setembro, em média, 163 pessoas foram enganadas por golpistas no Rio Grande do Sul. Os dados – divulgados na semana passada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado – confirmam que os estelionatos seguem em alta – aumento percebido desde março. No nono mês do ano, foram registrados 4.892 casos de golpes – 143,3% a mais do que no mesmo período de 2019, quando foram 2.010. Neste cenário, a internet é um dos meios mais utilizados por criminosos para criar e disseminar trapaças.

Foi no fim de setembro que um corretor de 41 anos, morador de Porto Alegre, viu-se alvo de estelionatários – ele pediu para não ser identificado na reportagem. Descobriu, por meio da esposa, que outra pessoa estava usando sua foto, nome e até mesmo a frase do perfil em nova conta de WhatsApp – criada com outro número de celular. O golpista tentou fazer com que a mulher lhe enviasse dinheiro, dizendo que precisava fazer um pagamento e seu limite de transferências havia excedido. Ela, imediatamente, percebeu o golpe.

— A minha esposa sabia que aquele não era meu número, que eu não tinha trocado. E, por isso, obviamente não fez o depósito — conta.

Imediatamente, o corretor publicou em suas redes sociais um alerta para que ninguém mais caísse na trapaça. Ao verificar o número, que também era do Rio Grande do Sul, percebeu que a foto já havia sido apagada, possivelmente porque o golpe já tinha sido identificado. Ele suspeita que o criminoso possa ter tido acesso aos detalhes da sua conta por meio de outro golpe. Dias antes, um familiar teve o WhatsApp clonado – modalidade um pouco diferente, na qual os bandidos conseguem acessar a conta da vítima, após obterem o código de verificação.

— Acredito que ele viu minha conta no grupo da família e fez a cópia. Tentou contato com a minha avó, chamando ela de “vó” mesmo. Felizmente não gerou prejuízo para ninguém, pelo que chegou até mim — diz.

O corretor registrou o caso por meio da Delegacia Online, como tentativa de estelionato, e anexou os prints das conversas. Não se desfazer das provas, como mensagens trocadas com o golpista, é uma das orientações dos especialistas para contribuir com as investigações. Alertar amigos e outras pessoas próximas pelas redes sociais também é importante.

RS registra mais de 1,2 milhão de golpes e tentativas de golpes virtuais  desde o início do ano | Clic Camaquã

Fonte: gauchaZH

  • message
    Postado por
    Rádio Ibiaçá FM
  • today
    Data
    22/10/2020
  • folder
    Categoria
    Locais/Regionais
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug