public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Prefeitura de Porto Alegre planeja remover famílias da Vila Nazaré até 28 de fevereiro

A entrega da área da Vila Nazaré para a Fraport, concessionária do Aeroporto Salgado Filho, será feita até 28 de fevereiro. A data foi definida nesta terça-feira, em reunião do vice-prefeito Ricardo Gomes, secretário do Desenvolvimento Social, e de outros integrantes do governo de Sebastião Melo com a direção da Fraport.

Gomes anunciou que será criada uma força-tarefa, envolvendo várias secretarias, para acelerar o processo de remoção das 111 famílias da Vila Nazaré, na área do aeroporto, para um loteamento “digno, com toda a infraestrutura”. A remoção das famílias é necessária para que a Fraport possa concluir as obras de ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho, sem comprometer seu cronograma. A nova pista, que passará dos atuais 2.280 metros para 3.200 metros, deverá entrar em operação no dia 31 de dezembro de 2021.

Também deverão ser removidas 66 famílias da Vila Pepino, que fica ao lado e não poderão permanecer no local pela legislação aeroportuária.

Ao final da reunião com a presidente da Fraport, Andreea Pal e seus diretores, Gomes convidou os executivos do grupo a participarem da força-tarefa. 

— A prefeitura tem a necessidade de atuar muito fortemente para garantir que a Fraport possa terminar a obra de ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho, que é fundamental para o desenvolvimento da cidade, e dar dignidade às famílias que lá residem as removendo para um lugar melhor — disse Gomes. 

Com a ampliação da pista, aviões com carga plena poderão pousar no Salgado Filho e decolar lotados, levando mercadorias do Rio Grande do Sul que hoje precisam viajar até São Paulo, em caminhões, para de lá embarcar para o destino final. Gomes lembrou que a ampliação da pista é crucial para aumentar a competitividade das exportações gaúchas. 

O secretário de Habitação e Regularização Fundiária, André Machado, informou que nesta quinta-feira (14) haverá um mutirão dos técnicos da Secretaria e do Departamento Municipal de Habitação (Demhab) para analisar caso a caso das famílias que tiveram problemas na documentação e daquelas que não estão querendo sair, bem a situação dos comércios que relutam em deixar o local.

— Temos um pedido do prefeito e do vice-prefeito e vamos fazer o possível e o impossível para cumprir. A empresa espera que entreguemos a área no início de março, mas trabalhamos na conclusão do processo até o final de fevereiro, mesmo que tenhamos o feriado do Carnaval no meio.

Na segunda-feira (11), 55 famílias assinaram contratos com a Caixa Econômica Federal. Elas serão removidas para o loteamento Irmãos Maristas. Novas transferências deverão ocorrer nos dias 19 de janeiro e 10 de fevereiro.

A presidente da Fraport disse que a empresa precisa ter a área livre no início de março para poder iniciar as obras com a empresa contratada. Caso contrário, terá de dispensá-la e teme não cumprir o contrato firmado com a União. 

— Buscamos alternativas e contamos que o governo da Capital possa agilizar o processo de retirada das famílias. Também estamos dispostos a investir na construção de um posto de saúde e de uma creche na área para onde as famílias estão sendo transferidas — disse Andreea.

Fonte: Gaúcha ZH

  • message
    Postado por
    Rádio Ibiaçá FM
  • today
    Data
    13/01/2021
  • folder
    Categoria
    Locais/Regionais
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug