Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Lateral

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Ibiaçá pode ter atendimento especializado para crianças com espectro autista

Postado em 23/04/2021 por

Feature image

*Fonte imagem : AUTISMO-1024×682*


O Governo de Ibiaçá tem buscado alternativas para oferecer atendimento especializado a crianças portadoras do Transtorno do Espectro Autista. Atualmente, pelo menos três pessoas apresentam o quadro no município, de acordo com os dados da Secretaria Municipal da Saúde.

Na última semana, o prefeito de Ibiaçá Ulisses Cecchin e o secretário da saúde Migueli Durigon visitaram clínicas de atendimento especializado, em Passo Fundo, para conhecer as atividades desenvolvidas pelas instituições.

De acordo com o prefeito, o Governo já trabalha na elaboração do procedimento necessário para oferecer o atendimento dos profissionais. “Estamos fazendo os procedimentos legais para nos habilitar com clínicas de alto padrão, multidisciplinares, que possam atender às nossas crianças portadoras de autismo. É um trabalho que a administração está fazendo, atenta a todas as questões que estejam relacionadas à saúde da nossa população, tentando buscar soluções para contribuir com as famílias do nosso município”.

Nos encontros, os representantes da Administração verificaram, entre outros aspectos, estruturas físicas e modalidades de atendimento. Para o secretário da saúde de Ibiaçá, a iniciativa favorece o desenvolvimento das crianças. “Nosso objetivo é dar total apoio a essas crianças e seus familiares. E é fundamental proporcionar toda forma de acesso aos serviços de saúde para melhorar a capacidade funcional e intelectual dessas crianças, principalmente no período de aprendizagem. São profissionais que possuem cursos, técnicas e conceitos específicos para o atendimento de qualidade dessas crianças”.

Conforme o secretário, o atendimento não se limita apenas aos casos de autismo. “Hoje Ibiaçá possui três crianças com autismo e outros que estão sendo realizados exames para fechamento de diagnóstico. O atendimento é para essas crianças, mas também para outros tipos de transtornos, como déficit de atenção com hiperatividade, crianças com Síndrome de Down e outras síndromes. Nossa preocupação é dar total apoio e suporte a essas crianças e suas famílias”.

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Ibiaçá

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários