Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Em uma semana, internações em leitos clínicos relacionadas ao coronavírus sobem quase 10% no RS

Postado em 27/05/2021 por

Compartilhe agora.

No mesmo período, aumentaram os casos graves de Covid e a fila de espera por vaga em UTI

O Rio Grande do Sul registrou, nos últimos sete dias, aumento de 8,57% nas internações relacionadas ao coronavírus em leitos clínicos, destinados a casos de baixa e média complexidade. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), as internações nos leitos de enfermaria saltaram de 2.809 pacientes para 3.050, do período entre a quinta-feira da semana passada e esta tarde. A marca alcançada hoje é a maior desde o dia 18 de abril. Na ocasião, havia 3.079 pessoas nessa condição.

Além disso, no mesmo recorte temporal, o Estado viu subir o número de pacientes, com diagnóstico positivo da doença, internados em unidades de terapia intensiva (UTIs), onde são tratados casos graves. No dia 19 de maio, das 2.722 pessoas nessa situação, 1.604 tinham esse quadro. Nesta quarta, dos 2.802 pacientes em leitos de alta complexidade, 1.710 testaram positivo para o vírus. A taxa de ocupação geral das UTIs é de 82% nesta tarde.

Outro índice que cresceu em relação à última semana é o da fila de espera de pessoas esperando remoção para um leito de UTI. Nos últimos sete dias, houve aumento de 103 para 126 pessoas, sendo 51 na Central de Regulação do Estado, 40 em Porto Alegre e outras 35 em Caxias do Sul.

Porto Alegre

Na Capital, a situação se manteve em estabilidade entre a última quinta e esta quarta. Neste período, a taxa de ocupação das UTIs oscilou, mas, em média, ficou nos 85% de ocupação geral.

No entanto, o número de pacientes com coronavírus internados em leitos de alta complexidade registrou aumento, passando de 357 para 383 nesta tarde.

Fonte: Rádio Guaíba

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.